Sexta, 21 de Junho de 2024 02:01
75 9 9702 9169
Política Nordeste

Vereador sofre punição após ostentar salário "com roubo, com tudo"

Vídeo com fala do vereador viralizou nas redes sociais.

08/06/2024 08h10
Por: Karoliny Dias Fonte: BNews
Foto: Reprodução / Vídeo
Foto: Reprodução / Vídeo

A entrega de vagas de emprego em troca de apoio de famílias, usada como estratégia para se eleger, teve resultado negativo para o vereador José Valderi de Melo (PP). Depois de aparecer em um vídeo, o também presidente da Câmara Municipal de Itajá (RN), sofreu punição. Ele foi afastado temporariamente das funções da Casa Legislativa. 

O fato, publicado nesta sexta-feira (7) no Diário Oficial do Município, acontece depois do parlamentar admitir que empregava pessoas em troca de ajuda. Ele ainda revelou o salário mensal de R$ 10 mil à base de ‘roubo, com tudo’. 

Quem requeriu o pedido foi o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio de cinco vereadores. Com isso, a Mesa Diretora da Câmara de Itajá atendeu a decisão, após a apuração de José sobre o crime de peculato, "além de outros eventuais delitos penais".

Agora, quem assume a presidência da Casa Legislativa, de forma interina, é o vice-presidente da Câmara, o vereador Wlisvan Gomes da Silva. Vale mencionar que o afastamento vale desde esta quinta-feira (6). 

Crime

O crime de peculato consiste no desvio ou apropriação, por parte de um funcionário público, de um bem a que ele tenha acesso devido ao cargo que ocupa, mediante abuso de confiança.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.