Sexta, 01 de Dezembro de 2023 20:51
75 9 9702 9169
Saúde Saúde

Hospital da Mulher intensifica assistência humanizada e estimula cuidados à bebês prematuros

Unidade aderiu a campanha Novembro Roxo.

01/11/2023 08h05 Atualizada há 1 mês
Por: Karoliny Dias Fonte: SECOM / FSA
Foto: Fátima Brandão
Foto: Fátima Brandão

O Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, está intensificando a assistência humanizada a bebês prematuros. A equipe multiprofissional da unidade está realizando uma série de ações para estimular os cuidados a esses recém-nascidos, que nascem antes de completar 37 semanas de gestação.

- Entre as condutas adotadas estão:

- Avaliação do acolhimento familiar;

- Condicionamento de um ambiente adequado e livre de estresse;

- Adequação da temperatura corporal;

- Execução de posicionamento terapêutico;

- Realização de atenção com manuseio adequado ao recém-nascido.

O Hospital da Mulher conta com equipe especializada em humanização, com médico pediatra neonatologista, cardiologista pediatra, pneumologista e outras especialidades médicas para acompanhamento do recém-nascido prematuro. Além disso, a unidade oferece serviços de fisioterapia, fonoaudiologia e psicologia, laboratório e ambulatório até um ano de idade.

De acordo com o neonatologista Filipe Faria Cardoso, coordenador médico da Ucinca (Unidade de cuidados intermediários do Método Canguru), os desafios enfrentados a partir do nascimento dos prematuros são grandes.

"O nosso maior desafio é conseguir vê-lo passar pelos cuidados aerodinâmicos, pelo período crítico. Mas, nós temos um suporte humano e de equipamentos aqui no Hospital da Mulher que nos dá tranquilidade de absolver a demanda", disse o especialista.

Filipe Farias salientou que a satisfação de ver os bebês prematuros evoluindo para alta médica é o que move a equipe médica e multiprofissional do Complexo Materno Infantil.

"São em média 600 bebês prematuros que passam pelos nossos cuidados por ano, muitos deles de risco eminente, e quando a gente ver esse bebê prematuro evoluir para alta médica, após passar por todas as fases da UTI a UCI, até o Método Canguru, é muita satisfação", disse.

Novembro Roxo

O 'Novembro Roxo' é o mês mundial de sensibilização para a prematuridade. Pensando em promover a conscientização e alertar sobre o crescente número de partos prematuros, a presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas, junto às equipes de coordenação, já se mobilizaram para planejar uma série de atividades especiais que acontecerão ao longo do mês.

"É um mês importante para gerar debates com a sociedade informando a respeito das consequências do nascimento antecipado para os bebês e suas famílias. São pequenas ações que podem causar grandes impactos, os nossos cuidados com a mãe e o bebê não se restringem apenas ao parto, mas na continuidade do atendimento humanizado", frisou Gilberte Lucas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.