Quarta, 18 de Maio de 2022 02:37
75 9 9842 0146
Bahia Eleições 2022

Pré-candidato a deputado estadual, Silva Neto fala sobre suas pretensões caso consiga êxito

Ex-prefeito da cidade de Araci, ele disse que quer que o povo da Bahia seja bem representado.

11/05/2022 09h44 Atualizada há 7 dias
Por: Karoliny Dias Fonte: Boca de Forno News
Foto: Reprodução / Internet
Foto: Reprodução / Internet

Antônio Carvalho da Silva Neto, mais conhecido como Silva Neto, ex-prefeito da cidade de Araci e pré-candidato a deputado estadual, falou sobre sua história política. Ele começou na política em 2010, quando foi candidato a deputado estadual e obteve quase 12 mil votos. É filho de Zédafó, José Eliotério da Silva, também ex-prefeito e ex-vereador de Araci. Foi prefeito da cidade de 2013 a 2020 e conseguiu eleger a sua sucessora, Keinha (PDT), que era a sua ex-prefeita.

“A experiência de prefeito é uma experiência de vida. Desenvolvi uma sensibilidade social grande, participei no primeiro mandato da diretoria da UPB e em meu segundo mandato fui vice-presidente. Nossa luta pelas causas municipalistas foi grande e agora pretendo como parlamentar continua-la”, disse.

Ele ressalta que existem municípios em que os problemas sociais são graves como na área de saúde, educação e são subfinanciados para atender as demandas da população. “As pessoas vivem nas cidades e é ali que as suas demandas são atendidas. Mesmo assim a minha experiência de gestão em Araci foi de sucesso até porque fui reeleito. Isso graças ao trabalho intenso da equipe e a busca de recursos extra para o município para conseguir atividades. Isso graças a Deus conseguimos realizar em Araci com bom êxito”.

Silva Neto falou sobre o seu pai, a quem ainda considera como o seu grande orientador em pensamentos. “Fico sempre muito orgulhoso em falar da história dele e em como ele influenciou o trajeto que, graças a Deus, eu consegui trilhar até agora”.

Ele disse ter escolhido se lançar como pré-candidato a deputado estadual porque é preciso que haja uma relação política e entende que este é um meio através do qual a participação de boas pessoas promove bons acontecimentos para a sociedade. “Meu trabalho em Araci como prefeito e elegendo a minha sucessora fez com que a vida do povo de Araci melhorasse. Digo isso sem falsa modéstia até porque existem resultados que comprovam isso e a própria manifestação popular que diz isso”.

Pré-candidatura

O processo de carreira política também exige novos desafios, ressalta Silva Neto. “Política é fazer pelo outro, pela sociedade, buscando resultados através de suas ações. Depois de passar por dois mandatos como prefeito, entendi que podemos fazer com que a vida das pessoas mude para melhor. Ingressar na Assembleia Legislativa da Bahia pode ser um meio de fazer com que isso ocorra”.  

Ele disse ainda que está trabalhando, procurando entender mais as complexidades do Estado, a dinâmica das cidades, desenvolver mais sensibilidade as causas da Bahia para a partir daí desenvolver um plano de ação parlamentar que seja determinante para que a interação entre os poderes Executivo e Legislativo do estado seja mais eficaz e que se possa fazer com que o povo da Bahia se sinta bem representado.

Se eleito, ele pretende lutar por municípios que sofrem muito com uma demanda chamada regulação. Silva Neto é fisioterapeuta, da área de saúde, e entende que esse aspecto precisa mudar com a regionalização dos hospitais já feitos dentro das microrregiões de saúde, apesar de todos os investimentos feitos por parte do Governo do Estado. “Fui diretor de Dires quando elas ainda existiam e lhe digo que é essencial, importante, imprescindível e indispensável termos um hospital regional no sisal, assim como outras regiões. Precisamos ter uma logística muito bem estabelecida”.

Essa é uma das bandeiras que pretende levantar dentro da ALBA porque se preocupa muito com o contexto da saúde por saber que essa é uma área difícil e traz para a população um sentimento de abandono grande. “Precisamos trabalhar para resolver essas demandas que eu sei que não são fáceis e simples. Existe boa vontade por parte das pessoas que estão dentro do sistema, mas as condições não existem. Mas trabalhar para encontrar soluções será uma prioridade nossa, além de muitas outras bandeiras que serão levantadas pelo nosso mandato”, explica.

Expectativas

Silva Neto disse que o seu partido, o PDT, vem com bons nomes para serem candidatos a deputado estadual e federal. Ele acredita que eles representarão bem a legenda e suas ideias e poderão realizar bons mandatos se assim chegarem com eficiência aos seus pleitos. “Estou no PDT desde o início da minha carreira política e acredito que agora não será diferente, faremos uma boa história política na Bahia e também no Brasil”.

Ele disse ainda que o PDT e Félix Mendonça tem tamanho para chegar a ser vice na chapa de ACM Neto para as eleições de outubro. “Félix diz que é pré-candidato a deputado federal e ter o partido na chapa majoritária seria relevante pela qualidade do PDT, mas entendo que o momento dele é de caminhar pela sua pré-candidatura a deputado federal”.

Na eleição passada, o PDT teve deputados estaduais eleitos com pouco mais de 50 mil votos. Silva Neto acredita que, pela formatação do partido, seja preciso números menores que esses nessa eleição.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.