Quarta, 20 de Outubro de 2021 01:08
75 9 9842 0146
Bahia Reclamações

Cesar do Pão lamenta situação da cidade de Santo Amaro: “A gestão deveria ser municipalista”

Candidato a prefeito da cidade em 2020, Cesar do Pão diz que o povo foi enganada por um “sorriso bonito”

14/10/2021 12h04
389
Por: Karoliny Dias Fonte: Boca de Forno News
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O candidato a prefeito da cidade de Santo Amaro e ex-vereador, Julio Cesar de Jesus Pinho, mais conhecido como Cesar do Pão, foi entrevistado por Nivaldo Lancaster na Rádio Santo Amaro FM. Cesar, que teve 7.422 votos na eleição de 2020, afirmou que é eternamente grato ao povo de sua cidade, mas infelizmente ele se enganou “com sorrisos falsos”. “A Prefeitura deveria ser usada para projetos e ações, mas tem sido usada como palco para tirar foto e colocar nas redes sociais”, lamentou.

Ao ouvir reclamações dos ouvintes, Cesar do Pão afirmou que o povo está passando fome na cidade. “Onde estão as cestas básicas? Temos uma Secretaria de Ação Social que não funciona. Quem administra a cidade é o marido centralizador, ditador da prefeita Alessandra Gomes (PSD), mas tenho que respeitar a escolha do povo. Santo Amaro não dá sorte".

Cesar do Pão disse ainda que nos últimos dois anos, a cidade tem sido usada exclusivamente para a campanha de deputado estadual do marido da prefeita. “Hoje se paga em Santo Amaro quase R$ 500 mil ao povo de fora. É uma falta de respeito com o povo da nossa terra. A prefeita foi eleita com os votos e para governar para o povo de Santo Amaro. É obrigação deles fazer uma gestão municipalista voltada para atender as necessidades dos munícipes santamarenses. Enquanto isso o povo sofre com falta do básico”, disse.

Sobre o Hospital de Mulher de Santo Amaro, Cesar disse que ele é de fachada. Para o ex-vereador, a cidade não tem saúde em seu básico, quanto mais no Hospital da Mulher. “Não funciona. E foi próprio prefeito que havia fechado a maternidade na gestão dele. Foi muito perverso quando municipalizou a saúde e agora vem com discurso de que reabriu a maternidade. Ele mesmo fechou e deixou com um débito de R$ 1,8 milhão”.

Quando foi candidato a prefeito, Cesar era vereador. A cidade de Santo Amaro tem 15 vereadores. Deles, Cesar só teve o apoio de dois. “Não fiquei triste. Vivemos em uma democracia e precisamos respeitar as escolhas. O apoio é muito importante, mas quem decide a eleição é o povo. Existe a polarização, mas todos os santamarenses têm que se beneficiarem, mas só umas dúzias de famílias estão sendo beneficiadas”, disse.  

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Santo Amaro, mas até o fechamento desta matéria não houve nenhum retorno.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.