Terça, 16 de Abril de 2024 10:51
75 9 9702 9169
Geral São Gonçalo

Presidente da OAB afirma que advogado do prefeito de São Gonçalo foi vítima

Dr. Targino Neto foi conduzido para o Complexo de Delegacias

25/06/2021 16h42 Atualizada há 3 anos
Por: Fonte: Boca de Forno News
Presidente da OAB afirma que advogado do prefeito de São Gonçalo foi vítima

Boca de Forno News

No dia de São João (23), pela segunda vez, o 'Forró Itinerante' promovido pela prefeitura municipal de São Gonçalo dos Campos, foi encerrado pela Polícia Militar. O primeiro episódio aconteceu na última terça-feira (22), quando o minitrio já se preparava para sair pelas ruas da cidade.

O evento estava sendo realizado com uma alvorada na presença do prefeito Tarcísio Pedreira quando foi encerrada pela Polícia Militar sob alegação de desobediência. A PM tem como obrigação cumprir a legislação que está regida sob decreto estadual.

De acordo com o prefeito Tarcísio Pedreira, o mesmo evento aconteceu no ano passado e neste ano, seria realizado da mesma forma, sem gerar nenhum tipo de aglomeração.

Tanto o motorista do veículo, quanto o advogado do prefeito foram conduzidos para o Complexo do Sobradinho para assinar o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e depois de ouvidos, liberados. Quanto o prefeito Tarcísio, foi autuado em flagrante por desacato policial, pagando fiança e em seguida, liberado.

Em entrevista ao programa Levante a Voz (Sociedade News), o presidente da OAB-Feira, advogado Raphael Pitombo, afirmou que o defensor do prefeito de São Gonçalo, Targino Neto, foi "vítima de violência por parte da Polícia Militar na prerrogativa de suas funções." 

"As prerrogativas profissionais é o que garante a liberdade e o pleno exercício para o advogado atuar na defesa do seu constituinte, e nós não vamos admitir qualquer tipo de violação dos seus direitos ou qualquer tipo de violência contra o advogado", afirmou Pitombo.

Informações do radialista Luiz Santos

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.