Terça, 11 de Maio de 2021 13:59
75 9 9842 0146
Bahia Bahia

Secretário de Saúde da Bahia fala sobre chegada de novas vacinas contra Covid-19 em maio

"Previsão para o mês inteiro"

28/04/2021 16h13 Atualizada há 2 semanas
12
Por: Reginaldo Junior Fonte: G1
Secretário de Saúde da Bahia fala sobre chegada de novas vacinas contra Covid-19 em maio

O secretário de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, anunciou nesta quarta-feira (28), que existe a previsão de chegada de novas doses de vacinas contra Covid-19 no estado, em todas as semanas do mês de maio.

A declaração foi feita durante o programa Bahia Meio Dia. O secretário explicou que a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) recebeu uma pauta do Ministério da Saúde (MS) na terça-feira (27) com essas informações, mas o documento não detalhava os dias exatos da distribuição.

“Existe uma previsão para o mês inteiro. Agora se eu te disser que eu recebi um documento dizendo que entre o dia 1 e o dia 8 de maio vai chegar um número determinado de doses, de depois chega outra quantidade, o que a gente tem visto é que a gente faz essa afirmação, a gente não sabe que dia vai chegar e a quantidade que vai chegar”, disse Fábio Vilas-Boas.

“Eu posso informar que o Ministério da Saúde distribuiu uma pauta ontem e que vai ter vacina toda semana para o Brasil inteiro”, concluiu.

Durante a entrevista, Fábio Vilas-Boas também explicou que a falta de imunizantes para a segunda dose no estado aconteceu após o Ministério da Saúde orientar que doses fossem antecipadas e que novas cargas não foram repostas totalmente.

“O que aconteceu foi que em determinado momento, o Ministério da Saúde orientou que fossem antecipadas as doses das pautas oito e nove e essas pautas não foram plenamente repostas ainda. Além disso, todo mundo sabe que houve um atraso por parte do Butantan, um hiato de 20 dias no fornecimento do IFA”, explicou.

Para o mês de maio, o secretário de Saúde afirmou que o estado deve continuar recebendo mais doses de imunizantes produzidos pela Fiocruz do que Coronavac.

“A pauta que nós recebemos agora para o mês de maio envolve a distribuição de muitas doses de vacinas da Fiocruz e algumas do Butantan. Ainda será um mês com poucas doses do Butantan, mas a Fiocruz está aumentando a sua produção e eu acredito que isso tenderá a anular o problema de produção em relação a Coronavac".

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.