Terça, 11 de Maio de 2021 12:55
75 9 9842 0146
Educação Feira de Santana

'Naõ estamos preparados', afirma Educação sobre retorno das aulas remotas, em Feira

A afirmação é do diretor do Núcleo Territorial de Educação (NTE) durante discurso

16/04/2021 22h19
18
Por: Gabriel Dallas Fonte: ASCOM CMFS
'Naõ estamos preparados', afirma Educação sobre retorno das aulas remotas, em Feira

O enfrentamento de problemas com a internet, durante a realização das aulas remotas na rede pública municipal de Feira de Santana, foi apontado como um dos impasses para a retomada das aulas durante o período de pandemia do coronavírus. Segundo o diretor do Núcleo Territorial de Educação do Portal do Sertão (NTE), Arivaldo Vieira de Santana, “enfrentamos um problema com a internet, porque ainda é péssima em nosso país e, por isso, ainda não estamos totalmente preparados”. 

A afirmação do diretor foi feita durante discurso em audiência pública virtual organizada pela Comissão de Educação da Câmara Municipal, nesta sexta (16), composta pelos vereadores Ivamberg Lima (PT), presidente; Pedro Cícero (Cidadania), vice-presidente; e Jhonatas Monteiro (PSOL), membro. Arivaldo disse que a fibra ótica é deficitária e que, na zona rural, esse déficit é ainda maior. Frisou que há uma grande quantidade de alunos que vivem na zona rural e sofrem com essa questão e que, inclusive, há famílias com três estudantes em casa que sentem dificuldades para assistirem às aulas.  

“Buscamos encontrar um caminho para iniciar a retomada das aulas junto com as secretarias de saúde municipal e estadual. Fizemos um trabalho de infraestrutura para poder oferecer a internet necessária para a transmissão das aulas, e também adotamos outras medidas, pois precisamos ter um retorno sólido e preparado”, pontuou. 

Informou que é sabido sobre a dificuldade existente entre alguns professores que, assim como os alunos, também sofrem com o acesso à internet, e disse que estão sendo elaborados e realizados cursos para melhor prepará-los para a retomada das aulas virtuais de forma organizada. "As redes estadual e municipal estão unidas para traçar as estratégias de comunicação e acolhimento, dentre outras coisas, para minimizar as dificuldades existentes neste processo de aulas remotas”, disse.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.