Sexta, 21 de Junho de 2024 00:30
75 9 9702 9169
Polícia Polícia

PMs suspeitos de executar 8 pessoas durante abordagem são alvo de operação do MP

Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em Salvador, Feira de Santana, Itaberaba, Iaçu e Castro Alves.

07/06/2024 09h37
Por: Karoliny Dias Fonte: Bahia.Ba
Foto: Assessoria/Ministério Público da Bahia
Foto: Assessoria/Ministério Público da Bahia

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) cumpre na manhã desta sexta-feira (7) mandados de busca e apreensão contra policiais militares supostamente envolvidos na morte de oito pessoas, na cidade de Itatim, durante uma abordagem em 30 de julho de 2023. As vítimas são duas mulheres e seis homens, dentre os quais três adolescentes, a mais nova com 13 anos.

Batizada de Sangue Oculto, a operação é realizada em Salvador, Feira de Santana, Itaberaba, Iaçu e Castro Alves. Aparelhos celulares, documentos e armas foram apreendidos durante as diligências.

Os agentes investigados são lotados na Rondesp Chapada no Morro do Tigre. Segundo a investigação do MP, há fortes indícios de que as vítimas foram executadas e de que a cena do crime teria sido alterada.

Inicialmente, o caso foi tratado como uma abordagem policial com suposto confronto e troca de tiros entre as vítimas e os policiais envolvidos. Provas técnicas e perícias colhidas durante as apurações, no entanto, revelaram as reais circunstâncias do fato, diz o MP.

De acordo com a Promotoria, a análise do material apreendido hoje contribuirá com a investigação e responsabilização dos oito militares.

A Justiça, por sua vez, determinou o afastamento dos agentes investigados.

A operação do MP é realizada conjuntamente com a Força Correicional Especial Integrada da Corregedoria Geral da Secretaria da Segurança Pública (Force) e com a Corregedoria da Polícia Militar (Correg).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.