Sábado, 18 de Maio de 2024 16:10
75 9 9702 9169
Feira de Santana Micareta 2024

Prefeitura de Feira lança programação da Micareta de Feira e fala sobre ações durante a festa

Saiba a estrutura e ações de cada Secretaria na festa. Lançamento aconteceu na manhã desta segunda-feira (15), a três dias da festa.

15/04/2024 13h34 Atualizada há 1 mês
Por: Karoliny Dias Fonte: Boca de Forno News

Prefeito Colbert Martins - Foto: Boca de Forno News 

Na manhã desta segunda-feira (15), a Prefeitura Municipal de Feira de Santana divulgou a programação da Micareta de Feira de Santana de 2024. Mas apenas as atrações do circuito principal, o Maneca Ferreira, foram anunciadas. Elas começarão a se apresentar a partir das 15h da quinta-feira (18) e seguem até domingo. A festa no domingo começa a partir do meio dia.

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, afirmou que tem muitas novidades e com foco em crianças e animais. “É necessário que foquemos não apenas nos adultos, como também nas crianças. Ampliamos o nosso circuito esse ano para caber as crianças e os animais. Estamos ainda com os palcos e começando a festa mais cedo para poder terminar mais cedo também por segurança”.

Foto: Boca de Forno News

Homenagem

Nesse ano, Colbert homenageará profissionais da imprensa que estejam vivos. Ele disse que pediu pudesse trazer pessoas que representassem a comunicação feita em rádio como Dilson Barbosa, Dilton Coutinho, Valter Vieira, Silvério Silva, Iatajaí Pedra Branca e Tanúrio Brito. “Acho bom que façamos essa homenagem a quem está conosco e participando”.

Em relação aos trios, Colbert disse que já estão sendo contratados. Ele disse que houve um problema com a licitação. “Todos estão reunidos nesse momento para que as licitações aconteçam e possamos fazer uma contratação ainda maior de trios elétricos do que foi do ano passado”.

O prefeito acredita ainda que o Governo do Estado poderia investir mais e fazer como fez em Salvador, em seu Carnaval. “Se o investimento que trouxeram foi esse, agradecemos e só posso dizer que teremos mais de 150 atrações para atender ao município”.

Programação para todos os dias da festa - Foto: Boca de Forno News

A atração mais cara da festa é o cantor Bell Marques. “Ele tem o seu valor quando vai para qualquer lugar e é algo que queremos para a nossa cidade”. O orçamento direto do Governo Municipal na festa está em torno de R$ 5 milhões. Ainda tem a parte de limpeza, saúde, assistência social e iluminação pública. Tudo isso é a mais custo, diz o prefeito. "Na festa, gastaremos em torno de R$ 5 a R$ 10 milhões. O retorno esperado, segundo o Governo do Estado, é em torno de R$ 80 milhões de giro econômico”.

Foto: Boca de Forno News

Barraqueiros

A tratativa com os vendedores ambulantes que trabalharão na festa foi muito tranquila, garante Colbert. “Não houve pedido político para ninguém instalar barraca. Estamos fazendo um trabalho absolutamente profissional e respeitoso. Todos eles estarão nos locais que nós determinamos que fica não mais dentro do circuito, mas nas laterais. Terão banheiro e tudo. Muitos deles são de outras cidades, mas todos que se inscreveram foram contemplados”.

Sobre os banheiros públicos, o prefeito lembra que aconteceu assédio no ano passado e o governo punirá. “Quem não quer ir ao banheiro não vá. Teremos a nossa Guarda e a Polícia para reprimir quem cometer crimes desse tipo”.

Igor Kannário

A decisão de não contratar Igor Kannário para a Micareta desse ano foi da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, afirma o prefeito. “Eu fui informado que ele pode vim pelo Governo do Estado. Eleição faz isso. Eles nunca contrataram e agora estão contratando. Deve ser uma grande novidade que teremos no circuito”.

Hospital na festa e trio gospel

O hospital será mais uma vez implantado na Micareta. “Ele está pronto. São 210 pessoas trabalhando. Tem até sala de parto”.

Haverá ainda trios gospel na Micareta. “Vamos participar com muita força e qualidade. A música gospel faz parte sim das ações que nós temos durante não apenas da Micareta quanto das marchas que fizemos no ano”.

Política

Colbert afirmou que desejo sucesso ao ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho, que anunciará ainda esta semana a sua pré-candidatura à Prefeitura de Feira de Santana. “Espero que ele possa mostrar o que vai fazer pela nossa cidade”.

Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer

Secretário de Cultura e Esporte, Lazer de Feira de Santana, Jairo Carneiro Filho - Foto: Boca de Forno News

Secretário de Cultura e Esporte, Lazer de Feira de Santana, Jairo Carneiro Filho, falou sobre o que o povo de Feira de Santana pode esperar dessa Micareta. Segundo ele, são mais de 150 atrações contratadas, valorizando as artistas de Feira de Santana, da nossa cultura, entidades culturais e também trazendo os artistas de destaque do Carnaval de Salvador.

Em relação aos artistas de Feira de Santana, Jairinho disse que, sem sombra de dúvidas, houve a maior valorização para eles e para as entidades culturais de Feira de Santana. “Seja escola de samba, grupos afros ou afoxés”.

Sobre o circuito da Praça da Kalilândia, o secretário afirmou que, com certeza, serão quatro dias de festa. “Com muita coisa bacana, muitas atrações. Estamos buscando a valorização do circuito. Ano passado o circuito foi muito bacana e esse ano vamos trabalhar para ser melhor ainda”.

Serão uma grande força tarefa com diversos profissionais estarão envolvidos na micareta de Feira de Santana. “Temos aí empresas que entram na área de serviço, de segurança. São dezenas de pessoas para que a possamos fazer da primeira micareta, a maior e, consequentemente, a melhor micareta do Brasil”.

A micareta vai começar mais cedo e terminar mais cedo. “Quinta e sexta dando início a partir das 14 horas e no sábado e domingo a partir do meio dia”.

Secretaria de Comunicação

Secretária de Comunicação, Renata Maia - Foto: Boca de Forno News 

A secretária de Comunicação, Renata Maia, falou sobra como será a comunicação durante a festa. Ela disse que está com uma equipe grande para levar informação no site da Prefeitura, no nosso site oficial da Micareta, que é o www.micaretadefeiradesantana.com.br e nas redes sociais. “Estaremos também o tempo todo deixando as pessoas informadas, dispararemos informação para grupo que temos nas redes sociais da imprensa local. Sai alguma novidade, a gente vai estar jogando nesse grupo”, disse.

A Secom estará ainda com a estrutura do Camarote da Imprensa, com o espaço ampliado, todo climatizado, com a potência da internet aumentada para poder disponibilizar para esses profissionais o maior conforto na transmissão deles. “Montamos também uma agenda de entrevistas para levar pessoas até o camarote da imprensa, porque a gente sabe a dificuldade que esses colegas muitas vezes têm de se deslocar e evitar que sofram com a violência como já aconteceu. Um comunicador relatou que teve o seu celular roubado, celular esse que era o instrumento de trabalho”, explicou.

Fora toda essa estrutura, ainda tem a TV Feira, transmitindo oito horas por dia a Micareta de Feira de Santana. “A estimativa é de que 300 profissionais cadastrados estarão envolvidos no Camarote da Imprensa, o que mostra a grandiosidade da nossa festa. Só que no camarote não ficam todos os profissionais. No ano passado, tivemos uma média de 50 veículos de comunicação trabalhando nesse espaço. Acreditamos que esse ano teremos um pouquinho mais, porque outras pessoas já demonstraram o interesse de estar nesse espaço”.

Esse ano, o camarote vai homenagear radialistas aqui de Feira. “Vamos homenagear seis grandes comunicadores de Feira de Santana que são ícones da nossa cidade. Queríamos muito homenagear eles em vida porque realmente o trabalho que eles fazem é excepcional. Eu sou fã de todos eles. Ano passado eu já queria fazer essa homenagem, só que alguns falaram que não precisava. Esse ano, graças a Deus, todos eles toparam participar dessa homenagem. Estou muito feliz por conseguir homenagear esses grandes comunicadores de Feira de Santana que são ícones da nossa cidade e que eu admiro muito”.

Secretaria de Saúde

Secretária de Saúde, Cristiane Campos - Foto: Boca de Forno News 

A secretária de Saúde, Cristiane Campos, falou sobre estrutura que a Saúde está disponibilizando para a micareta. Segundo ela, haverá a tradicional escala da micareta, que foi inovado ano passado e foi sucesso absoluto. “É uma estrutura com 500 metros quadrados, 15 leitos, duas salas vermelhas altamente equipadas, dois leitos de obstetrícia. Teremos também, devido ao aumento do circuito da micareta, um outro posto de atendimento no cruzamento da Rua Vasco Filho com a Av. Presidente Dutra. Lá, teremos seis leitos e uma sala vermelha para atendimento”.

Em média, serão 250 profissionais atuando na linha de frente dos profissionais de saúde na Micareta de Feira. “As nossas UPAs e policlínicas funcionarão ininterruptamente. “As equipes foram reforçadas, as unidades de saúde vão funcionar até quinta-feira normalmente, inclusive com as unidades de consultório de rua, que é até 21 horas”.

Além disso, no hospital terá uma ala onde ficará a Vigilância Sanitária, os cuidados com as ISV, a parte da saúde do trabalhador. “Com as ISTs teremos autotestes, testes para HIV, sífilis e hepatites e no circuito serão distribuídos preservativos”.

Sobre a vacinação, há um mês a Secretaria chamou para vacinar o público alto, que são os trabalhadores da Micareta. “Muitos se vacinaram e ainda continuamos vacinando para influenza em qualquer unidade de saúde até as 17 horas e as unidades específicas que funcionam até 21 horas também estão vacinando”.

Em relação à Vigilância Sanitária, na questão de fiscalização da alimentação, as pessoas que estarão comercializando alimentos, bebidas, etc., a secretária afirmou que essa fiscalização já começou. “Inclusive, previamente, damos orientações para os vendedores. A VS continuará no percurso, fazendo essa fiscalização, orientando como armazenar os alimentos, proibindo e até mesmo guardando a bebida que não pode ser comercializada como o famoso cravinho”.

Fundação Hospitalar de Feira de Santana

Presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas - Foto: Boca de Forno News

A presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, Gilberte Lucas, falou sobre a estrutura que está sendo disponibilizada na Micareta de Feira. Segundo ela, haverá uma estrutura com dois leitos de obstetrícia com uma equipe completa para dar um suporte. “Se houver a necessidade, por exemplo, de realizar um parto normal, vai poder ser feito na estrutura. Também teremos ambulâncias de referência do Hospital da Mulher para qualquer necessidade de transferência”, disse.

São ambulâncias exclusivas do Hospital da Mulher, ressalta. “Porque você evita de tirar, por exemplo, o SAMU do Circuito da Festa com outras ocorrências”. Serão 210 pessoas da Secretaria de Saúde envolvidas com a estrutura dos postos que vão estar no circuito da Festa, equipes do Hospital da Mulher, Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica, Cerest para a parte de fiscalização.

Ela ressalta a importância que as mulheres grávidas tenham de cuidado ao ir para a festa. “É importante esse cuidado, principalmente quando já estiver no final da gestação, próxima do trabalho de parto. Por exemplo, a partir de 8, 9 meses, precisa de um cuidado com a aglomeração. Ir também brincar em um horário mais cedo, evitar tumulto, porque com certeza é um risco muito grande”.

A parte de obstetrícia, apesar de não ter sido usada no ano passado, foi um projeto piloto que deu certo. “É uma segurança para aquelas gestantes que vão para o circuito da festa. Se houver algum problema, tem uma estrutura para atender”.

Secretaria de Mobilidade Urbana

Sérgio Carneiro, secretário de Mobilidade Urbana de Feira de Santana - Foto: Boca de Forno News

Sérgio Carneiro, secretário de Mobilidade Urbana de Feira de Santana, afirmou que a pasta terá 44 funcionários envolvidos na organização da mobilidade na Micareta. “São 156 ônibus envolvidos na chegada e na saída dos foliões, com a linha especial do terminal até o circuito. Organizamos com base na experiência dos anos anteriores. Ao longo da Av. Maria Quitéria até a Av. Getúlio Vargas, os vários modais de mobilidade: mototáxi, táxi, ônibus que vão ficar na trincheira da Maria Quitéria com a Getúlio Vargas. Vamos ver ainda se nós colocamos os validadores nos portais de saída para que as pessoas possam logo validar o seu cartão e não terem dificuldade em agilizarem o seu ingresso nos ônibus”, disse.

E os carros de aplicativos ficarão na Av. Sampaio, ressalta. “Estará funcionando nessa micareta também o Mob Zap, que é um aplicativo que recentemente o prefeito Colbert lançou, em que você tem o carro de aplicativo e tem também o taxista, ou seja, a pessoa pode fazer a opção pelo táxi, que é bem seguro, todos eles cadastrados na SEMOB e vai pagar o preço de carro de aplicativo”.

Ainda conforme o secretário, se espera que a Secretaria contribua para a chegada e a saída de todos os foliões desse maior carnaval fora de época do Brasil, que é a Micareta de Feira de Santana. “O folião vai terá transporte até a hora que o último dele sair. Terão todos os modais até que nós acabemos com a festa no circuito da Micareta. Na linha especial de ônibus, que sai do terminal central até o circuito da festa, feita a integração, as pessoas podem integrar em qualquer ponto de ônibus da cidade”.

Polícia Civil e segurança pública

Delegado Yves Silva Correia, coordenador da Polícia Civil de Feira de Santana - Foto: Boca de Forno News

O delegado Yves Silva Correia, coordenador da Polícia Civil de Feira de Santana, falou sobre quais pontos foram abordados para a segurança da Micareta de Feira de Santana. De acordo com o coordenador, o principal, de fato é de que as forças de segurança trabalharão integrados, como sempre está trabalhando, e seguirão firmes também na Micareta na mesma toada. “Razão pela qual apresentamos aqui tecnologias que estarão ao alcance das pessoas, sobretudo da Polícia Civil”.

Haverá um monitoramento em tempo real tanto dos policiais em campo, ou seja, com a geolocalização de cada um, além das equipes ostensivas, aquelas que também estão veladas, infiltradas no meio da multidão, para poder tentar alcançar o quanto antes eventuais indivíduos que queiram praticar furtos, roubos ou qualquer tipo de crime. “São várias bases da Polícia Civil espalhadas pelo circuito, também aquela base específica com diversas estruturas no Colégio Estadual, com uma central de flagrantes e outras. Vai ser importante demais para dar a resposta que o feirense merece”, disse.

A Polícia Civil tem ainda um monitoramento de inteligência em específico e a micareta, sem dúvida, em que pese toda a divulgação, há reconhecimento facial, o monitoramento, há polícia constante em todo o circuito, ainda assim esses indivíduos desafiam e vão para o circuito. “Temos a experiência de Salvador, que mesmo com toda a divulgação eles vão para o circuito. Prendemos estupradores, homicidas, traficantes. Aqui, sem dúvidas, não deve ser diferente, mas só que estaremos prontos, preparados para poder alcançar, assim que passar no portal, tanto equipes da Polícia Civil como da Polícia Militar, esses indivíduos e tirá-los da circulação, uma vez que lugar de festa, de micareta não é para esse tipo de cidadão”, disse.

A festa, segundo o delegado, é justamente para aquele cidadão de bem que quer curtir com sua família, ter um momento de descontração, alegria e diversão e que merece, depois de tanto trabalho. O reconhecimento facial ajudará nisso. “Essa é uma tecnologia extremamente exitosa e importante que a Bahia está exportando para outros estados. Terá na Micareta de Feira para que possamos alcançar esses indivíduos”.

O trabalho que a Polícia Civil vem trazendo no entorno do circuito da festa, o delegado afirmou que nesta semana foi feita uma operação e ela se originou justamente na Polícia Civil. “Uma investigação da 1ª Delegacia Territorial, a doutora Tiara e o doutor Uzzum fizeram um excelente aprofundamento com os investigadores de polícia e a juíza da Vara Criminal deferiu os mandados de busca e apreensão e os mandados de prisão. Conseguimos lograr prisão nessa operação específica de dois indivíduos envolvidos com tráfico de drogas, tentativa de homicídio e lesão corporal seguida de morte”.

Além desses indivíduos, ressalta ainda o delegado, foi alcançado um traficante em situação flagrancial e ainda foi lavrado mais dois termos circunstanciados de ocorrência de usuários. “Sabemos que ali é uma região sensível da cidade e que tem de ter que ser olhada com atenção. Não é caso apenas policial, mas social e de saúde pública. Temos que estar com todos os órgãos para que possamos evitar que se torne uma Cracolândia, que ninguém quer isso, nem os órgãos de segurança e nem o cidadão feirense”.

Serão 1800 e 2000 profissionais escalados da Polícia Civil para o combate da criminalidade durante a Micareta de Feira. “Entre agentes, escrivães, investigadores e delegados trabalhando firmemente até o final da festa, garantindo a segurança de todo o cidadão e turista que vier curtir a festa”, finalizou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.