Sexta, 16 de Abril de 2021 22:20
75 9 9842 0146
Cultura CULTURA

Pela quarta vez, ativista cultural Asa Filho ganha Prêmio Mestre

O artista Asa Filho e sua esposa e parceira Jacimar

23/03/2021 16h25
38
Por: Reginaldo Junior Fonte: Redação
Pela quarta vez, ativista cultural Asa Filho ganha Prêmio Mestre

Artista, músico, compositor e produtor cultural, Augusto de Souza Araújo Filho, mais conhecido como Asa Filho, ganha pela quarta vez o Prêmio de Preservação dos Bens Culturais Populares e Identitários da Bahia Emília Biancardi, Prêmio Mestre. 

Nascido no distrito de Tiquaruçu, Asa Filho é uma das figuras ilustres da cultura feirense. Atualmente é o administrador da Cidade da Cultura junto com sua esposa e grande parceira de todas as suas ações, Jacimar. Também é o responsável pela promoção do Reisado de São Vicente, uma das festas de referência cultural em Feira de Santana, além de diversos outros trabalhos como músico, poeta, cineasta e outros. 

O prêmio que é um reconhecimento à atuação de mestres das culturas populares tradicionais do estado, como meio de fomento à proteção, preservação e difusão da memória histórica e de promoção da diversidade cultural da Bahia, já foi conquistado pelo ativista por quatro vezes: 2008 e 2014 pelo Ministério da Cultura; em 2019 pela Secretaria da Cidadania no Ministério do Turismo. Em 2020 a Bahia realizou pela primeira vez a premiação através da Lei Aldir Blanc, e Asa também foi o vencedor. 

Com mais de 25 anos de ativismo cultural, Asa possui grande experiência e conhecimento dos saberes e fazeres tradicionais, com vida e obras voltadas para expressões culturais, e ações reconhecidas nos locais onde vivem e/ou atuam. 

Eclético, suas principais influencias são Jacinto Silva, Negão dos 8 Baixos, da Banda de Pífano de Caruaru, Luiz Gonzaga, Zé Ramalho, Roberto Carlos. Ele também mescla bandas internacionais como Pink Floyd e o cantor Bob Dylan, assim como as bandas Casa das Máquinas, Os Incríveis. 

O edital, coordenado pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias da SecultBA, integra o Programa Aldir Blanc Bahia, com recursos oriundos da Lei Aldir Blanc direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo. A categoria “Mestres e Mestras da Cultura Popular da Bahia” foi uma das nove contempladas pela premiação.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.