Quinta, 18 de Julho de 2024 01:37
75 9 9702 9169
Anúncio
Brasil Saneamento básico

Falta de saneamento básico afeta 75% dos que ganham até um salário mínimo

Dados foram divulgados nesta quinta-feira (4) pela Associação e Sindicato Nacional das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto.

05/07/2024 08h28
Por: Karoliny Dias Fonte: Metro1
Foto: nesneJkraM Getty Imagens
Foto: nesneJkraM Getty Imagens

Um levantamento divulgado nesta quinta-feira (4), aponta que os mais pobres são os mais afetados pela falta de saneamento básico no Brasil. Panorama da Participação Privada no Saneamento, da Associação e Sindicato Nacional das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto (Abcon-Sindcon), 75,3% dos que não tem rede de água vivem com até um salário mínimo (R$ 1.412).

Os dados ainda apontam que 74,5% dos que não estão conectados à rede de esgoto também tem um rendimento mensal abaixo de um salário mínimo. 

A pesquisa sinaliza ainda que o fornecimento de água e esgoto atingem 90% daqueles que vivem com mais de cinco salários mínimos. É previsto apenas em 20233, a universalização do saneamento do país, que visa aumentar para 90% o total de pessoas com acesso a esgoto e a 99% o acesso à água tratada.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.