Quinta, 18 de Julho de 2024 01:18
75 9 9702 9169
Anúncio
Educação Educação

Estudantes baianos da rede estadual conquistam medalhas na Olímpiada Brasileira de Matemática

A premiação aconteceu na terça-feira (11), no Rio de Janeiro, e contou com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

13/06/2024 08h37
Por: Karoliny Dias Fonte: ASCOM / SEC
Fotos: Divulgação/SEC
Fotos: Divulgação/SEC

Um total de 650 estudantes de todo o Brasil é premiado com medalhas de ouro na 18ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Entre estes, seis alunos são da rede estadual de ensino dos municípios de Simões Filho, Salvador, Alagoinhas, Ilhéus, Vitória da Conquista e Ibipitanga. A premiação aconteceu na noite de terça-feira (11), no Rio de Janeiro, e contou com as presenças do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e do ministro da Educação, Camilo Santana, entre outras autoridades que, juntos aos estudantes medalhistas, celebraram o ensino público com a adesão de 99,8% dos municípios brasileiros à competição.

Na Bahia, além dos seis medalhistas de ouro, 17 estudantes receberam medalhas de prata e 54 conquistaram o bronze. A competição, que tem como público-alvo alunos do 6º ano do Ensino Fundamental até último ano do Ensino Médio, tem como objetivo estimular o estudo da Matemática e identificar talentos nas escolas públicas de todo o país, contribuindo para a melhoria da Educação Básica e permitindo que um maior número de estudantes acesse material didático de qualidade.

A medalhista Ingrid Silva Carvalho, estudante do 3° ano do curso de Informática do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) de Vitória da Conquista, vem se destacando com a conquistas em diversas olimpíadas. “Ela é uma inspiração para os colegas. Seu empenho e sua dedicação só nos fazem acreditar cada vez mais no papel da escola em despertar o interesse dos alunos pelo conhecimento, pela valorização dos saberes”, avalia a gestora da unidade escolar, Lívia Correia.

Edição de 2024

Este ano, mais de 18,5 milhões de alunos participam da 19ª edição da olimpíada. A OBMEP ocorre em duas fases. A primeira etapa foi realizada no dia 4 de junho, com a aplicação de uma prova com 20 questões de múltipla escolha, preparada em três níveis, de acordo com o grau de escolaridade do aluno: Nível 1 (6º e 7º anos), Nível 2 (8º e 9º anos) e Nível 3 (Ensino Médio). Nesta fase, tanto a aplicação quanto a correção das provas são feitas pelas escolas, que deverão seguir as instruções e os gabaritos elaborados pelo IMPA. As unidades de ensino têm até o dia 17 de junho para enviar os cartões-resposta dos alunos classificados para a segunda fase.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.