Sexta, 21 de Junho de 2024 00:21
75 9 9702 9169
Polícia Polícia

Suspeito de praticar sequestros na Bahia e em Pernambuco, grupo composto por ex-PMs é desarticulado

Até o momento, duas pessoas foram presas suspeitas do sequestro.

05/06/2024 09h23
Por: Karoliny Dias Fonte: BNews
Foto: Divulgação/Polícia Civil da Bahia
Foto: Divulgação/Polícia Civil da Bahia

Intencionado em realizar sequestros e extorsões, um grupo entrou no radar de uma operação interestadual, realizada nesta terça-feira (4), na Bahia e em Pernambuco. Entre os participantes há dois ex-policiais militares baianos. A dupla já foi demitida e executa processos punitivos da Instituição. 

Associado a este fato, dois mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão foram cumpridos no bairro Jardim das Margaridas, em Salvador, além do município de Recife. A Delegacia Especializada Antissequestro (DAS) e a Coordenação de Operações e Delegacia Anti Sequestro de Pernambuco, com o apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil pernambucana, estiveram nas diligências.

Neste momento, os presos estão disponíveis ao Poder Judiciário. Todos os crimes ocorridos no âmbito baiano ocorreram na capital baiana e na Região Metropolitana de Salvador (RMS), no primeiro semestre deste ano. Casos

Uma vítima sofreu sequestro no dia 12 de janeiro, no bairro do Garcia. Após entrarem em contato com familiares, os autores exigiram o pagamento de resgate, que foi realizado. Apesar disso, a vítima segue desaparecida.

Pouco menos de dois meses depois, no dia 8, o mesmo ritmo dos suspeitos foi aplicado. Depois do sequestro no município de Camaçari, o pagamento e resgate aconteceu, porém a vítima não foi liberada. Isso porque o corpo do homem foi localizado cinco dias após o sequestro, com sinais de tortura e marcas de tiros.

Integração

Segundo as investigações da DAS, as contas para onde o dinheiro dos resgates foram transferidas estavam registradas em Pernambuco. Elas também pertenciam a um homem preso por homicídio em Parnamirim, onde foi cumprido o mandado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.