Sábado, 18 de Maio de 2024 15:43
75 9 9702 9169
Brasil Engajamento com ódio

Barroso diz que há um modelo de negócio que vive do engajamento do ódio na redes sociais

Após ataques de dono do X (antigo Twitter), presidente do STF afirma que liberdade de expressão é pauta mundial muito mais "complexa e sofisticada" do que aparenta ser.

15/04/2024 11h54
Por: Karoliny Dias Fonte: Metro1
Foto: Antonio Augusto/SCO/STF
Foto: Antonio Augusto/SCO/STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou neste domingo (14) que há um “modelo de negócios” que vive do engajamento nas redes sociais motivado pelo ódio, pela mentira e por ataques às instituições. O magistrado também defendeu a regulação das redes sociais durante agenda em Belo Horizonte.

Questionado sobre a polêmica envolvendo o bilionário Elon Musk, dono do X, antigo Twitter, Barroso disse que é preciso agir “contra pessoas e modelos de negócio que estimulam o ódio para ganhar dinheiro”.

“Esses ataques muitas vezes se escondem na liberdade de expressão, quando na verdade estamos falando de um modelo de negócio que vive do engajamento mais motivado por ódio, mentiras, ataques às instituições do que pelo uso racional e moderado. Portanto, acabam estimulando o ódio e ataques às instituições, em nome da liberdade de expressão, quando o que estão fazendo é ganhar dinheiro”, afirmou.

O STF deve realizar em junho julgamento sobre o Marco Civil da Internet. A discussão principal envolve regulamentação das plataformas e a responsabilização pela disseminação de conteúdos. O andamento do assunto ocorre após os embates entre Musk e o ministro Alexandre de Moraes. De acordo com Barroso, esse é “assunto encerrado”. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.