Terça, 16 de Abril de 2024 11:25
75 9 9702 9169
Feira de Santana Dengue

Moradores devem permitir entrada de agentes de endemias para combate da dengue

Conforme determinação do Ministério Público da Bahia, os agentes têm autorização para entrar em imóveis fechados.

28/02/2024 08h40
Por: Karoliny Dias Fonte: SECOM / FSA
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A luta contra a dengue em Feira de Santana continua, e o apoio da população é fundamental. Porém, alguns moradores impedem a entrada de agentes de endemias nas residências para realizar o combate do mosquito Aedes Aegypti.

De acordo com Síntia Sacramento, coordenadora do Centro de Referência em Endemias, é crucial que a comunidade apoie o trabalho dos agentes.

"É comum encontrarmos situações em que os moradores dificultam o trabalho dos agentes de endemias, especialmente em residências com placas de venda ou aluguel. É importante que esses cidadãos compreendam que esse serviço visa garantir a segurança de todos, incluindo eles próprios e as pessoas ao seu redor. As visitas regulares são essenciais para o monitoramento, controle e prevenção das arboviroses", esclarece.

Os agentes de endemias trabalham fardados e com crachá de identificação. Conforme determinação do Ministério Público da Bahia (MPBA), os profissionais têm autorização para entrar em imóveis fechados, abandonados e naqueles em que for recusado o acesso da equipe de monitoramento.

A entrada em imóveis deve ser feita pela equipe técnica acompanhada de um chaveiro para ter acesso à residência sem violação, e deve ocorrer apenas quando a ação for essencial ao bloqueio das doenças provocadas pelo mosquito e seus criadouros, em áreas identificadas como potenciais focos transmissores.

O morador que não estiver em casa quando o agente de endemias passar no local pode solicitar a visita através do aplicativo Fala Feira ou pelo número 156.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.