Sexta, 21 de Junho de 2024 00:28
75 9 9702 9169
Política Política

A pedido do deputado Robinson, presidente da Coelba será ouvido pela ALBA

Segundo o petista, que coordena a subcomissão que avalia o contrato de concessão da companhia de eletricidade, existe "reiteradas reclamações dos consumidores" com os serviços da empresa e a recorrente interrupção no fornecimento de energia na capital e no interior do estado.

14/11/2023 16h08
Por: Karoliny Dias Fonte: ASCOM
Foto: Daniel Ferreira
Foto: Daniel Ferreira

O líder da Federação PT, PC Do B e PV, deputado Robinson Almeida, aprovou, em reunião da Comissão de Infraestrutura, na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (14), a convocação do diretor-presidente da Coelba, Thiago Freire, para que o executivo preste esclarecimentos aos parlamentares sobre as queixas da população contra a empresa do grupo Neoenergia. 

Segundo o petista, que coordena a subcomissão que avalia o contrato de concessão da companhia de eletricidade, existe "reiteradas reclamações dos consumidores" com os serviços da empresa e a recorrente interrupção no fornecimento de energia na capital e no interior do estado. Outro problema, apontado pelo legislador,  seria o não atendimento de pelo menos 27 mil obras, com a ligação da rede elétrica, incluindo as realizadas pelo governo do estado, como Escolas de Tempo Integral, já prontas, mas que não foram entregues a população por não ter sido ligado à rede de eletricidade pela companhia.

"São muitas as queixas, reclamações da população, de empresários e prejuízos à economia da Bahia causados pela Coelba. Ao todo, temos 27 mil obras sem atendimento pela companhia. Isso contribui para o desemprego e prejudica o desenvolvimento da Bahia, por isso aprovamos a convocação do senhor Thiago Freire para prestar esclarecimentos a sociedade baiana aqui na Comissão de Infra-estrutura", afirmou Robinson Almeida.

A data para a audiência, contudo, ainda será definida pela Comissão de Infraestrutura, que reúne-se todas as terças-feira na Casa Legislativa.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.