Quarta, 20 de Outubro de 2021 01:13
75 9 9842 0146
Feira de Santana Feriado

Silvio Dias sugere mais uma mudança no feriado de São João; 3 de janeiro de 2022 seria data ideal

Feriado foi colocado no dia 11 e transferido para o dia 18 em que os comerciários já comemorariam o seu dia

14/10/2021 12h19 Atualizada há 6 dias
39
Por: Karoliny Dias Fonte: Boca de Forno News
Foto: Reginaldo Junior
Foto: Reginaldo Junior

Na manhã desta quinta-feira (14), os comerciários de Feira de Santana realizaram um protesto em frente da Prefeitura Municipal. O motivo da manifestação foi a transferência do feriado de São João, que seria no dia 11 de outubro, para a próxima segunda-feira (18) pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana. Só que neste dia já existia o feriado do Dia do Comerciário.

O vereador Silvio Dias (PT) sugeriu na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã de hoje, que houvesse mais uma mudança do dia. Para o vereador, as mudanças são feitas pela Prefeitura sem dialogar com a sociedade feirense. “Primeiro colocaram na véspera do Dia das Crianças, dia em que o comércio mais vende. Para completar, não se sabe ouvindo quem, já que os comerciários não foram ouvidos, ela revoga um decreto colocando outro transformando o dia 18 como São João, esquecendo-se que no dia 18 é a comemoração do feriado do Dia do Comerciário”, afirmou.

Ainda segundo Silvio, a retirada de um feriado prejudica toda uma classe que mantém a cidade trabalhando dia a dia no comércio. “São mulheres e homens que trabalham muito pela nossa cidade e merecem ter garantido o seu dia. Não há como sobrepor o Dia do Comerciário com o São João. É uma perda para a classe”.

O vereador ressaltou que é preciso que o Governo Municipal ouça quem deve ser ouvido ao tomar as decisões. “É preciso ouvir o comerciário e o comerciante. Se tivesse ouvido os dois grupos não se teria optado nem pelo dia 11 nem pelo dia 18 como feriado de São João”, completou.

A sugestão de Silvio é que o feriado seja alterado para o dia 3 de janeiro de 2022, que é posterior ao feriado do dia 1º de janeiro, que cai no sábado. “Historicamente se sabe que o comércio nesta data cai-se muito em vendas. As pessoas buscam viajar para passar o feriado fora. Com certeza iria agradar tanto os comerciantes como os comerciários”, finalizou.

Com informações do repórter Reginaldo Junior

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.