Quarta, 22 de Setembro de 2021 09:22
75 9 9842 0146
Feira de Santana Denúncia

Fernando Torres faz denúncia contra secretário de Saúde; Marcelo Brito responde acusação

Secretário teria empresa prestando serviços a UPA da Queimadinha

15/09/2021 10h49 Atualizada há 7 dias
107
Por: Karoliny Dias Fonte: Boca de Forno News
Fernando Torres faz denúncia contra secretário de Saúde; Marcelo Brito responde acusação

Na manhã desta quarta-feira (15), o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Fernando Torres, denunciou que o secretário de Saúde do Município, Marcelo Britto, possui uma empresa prestando serviços para uma unidade de saúde. A empresa, chamada GSM, teria prestado serviços por dois meses à UPA da Queimadinha.

“Essa empresa tem um capital social de R$3 mil e prestou serviços de R$400 mil durante dois meses. Estou com as notas fiscais em minhas mãos. Vamos a todos os órgãos de fiscalização e controle, como Ministério Público Federal, TCM e Polícia Federal, e vamos criar uma comissão aqui na Casa para investigar isso. A GSM está situada na Avenida Getúlio Vargas, mais precisamente no HTO (Hospital de Traumatologia e Ortopedia). Eu posso estar errado nessa denúncia, e se estiver, volto atrás e peço desculpas. Mas se eu estiver certo, vou até o fim”, disparou o vereador.

Resposta do secretário

Marcelo Britto explicou a prestação de serviços foi executada antes dele se tornar secretário de Saúde do Município. “Eu sou médico e continuo exercendo a minha profissão. Ele fez uma denúncia de um serviço que foi feito lá atrás muito antes da minha chegada a Secretaria. Evidente que depois que você assume um cargo público tem limites que não se pode ultrapassar”, explicou.

Britto disse ainda que Fernando Torres terá uma boa oportunidade de inqueri-lo pessoalmente, já que foi convocado pela Câmara de Feira de Santana para falar da manutenção das unidades de saúde e deve responder a esse oficio. “Ele terá a oportunidade de me perguntar sobre o assunto pessoalmente. Olha que coisa boa”, disse.

O secretário falou também sobre a nota fiscal que Fernando Torres disse ter. “Porque ele não olha a data da nota fiscal e faz uma comparação com o Diário Oficial do dia em que fui nomeado secretário. Só com isso não preciso explicar mais nada”, finalizou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.