Quarta, 22 de Setembro de 2021 09:03
75 9 9842 0146
Feira de Santana Comércio de Feira

Pesquisa encomendada reflete momento que vive o comércio de Feira de Santana

Pesquisa ouviu 1126 pessoas em seis distritos e 32 bairros

13/09/2021 22h39 Atualizada há 1 semana
29
Por: Karoliny Dias Fonte: Boca de Forno News
Pesquisa encomendada reflete momento que vive o comércio de Feira de Santana

Uma pesquisa, encomendada pelo site Bahia na Política de Jair Onofre e pelo Jornal Folha do Estado de Humberto Cedraz e entregue a pela Associação Comercial De Feira de Santana (ACEFS) e Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL), voltada para a área empresarial foi realizada com o objetivo de conhecer a realidade da cidade no aspecto do Governo Municipal. A pesquisa foi realizada pelo Instituto de Pesquisa de Opinião (IPO) e ouviu entre o dia 5 e 10 de agosto 1126 pessoas em seis distritos e 32 bairros. “Ela trouxe o retorno que nós desejávamos que era saber onde o governo está bem e não está. Isso porque quando o governo está bem é bom para o comércio, mas quando não está é ruim”, afirmou Jair Onofre, assessor de comunicação da ACEFS.

Os números, ainda segundo Jair, servem para que todas possam refletir. “A pesquisa mostra onde deve-se investir mais e as duas áreas prioritárias são saúde e educação. É uma incoerência sabermos que 50% do orçamento municipal separados para essas áreas e as pessoas acham que precisa de mais investimento. O governo precisa avaliar isso a fundo porque ou os recursos não estão sendo investidos ou estão sendo investido e a sociedade não está vendo”, explicou.

A pesquisa descobriu ainda que o comércio de Feira de Santana não está entre a prioridade dos entrevistados. Entre os itens questionados, o comércio ficou em oitavo lugar. “Pode ser porque a pergunta foi mal formulada e as pessoas não colocaram o comércio como sua prioridade”. Outra situação que os entrevistados acharam correto é a transferência dos ambulantes do centro da cidade.

Presidente da ACEFS

Genildo Melo, presidente da ACEFS, ressaltou que a pesquisa foi bem realizada e reflete o momento que vivemos. "A Pesquisa não representa o final do processo e sim o início dele. A ACEFS quer acompanhar e entender quais são as suas tendências para a partir daí começar a tomar as dias decisões. A nossa entidade é apolítica partidária, não defendemos nenhuma coloração político. Contudo, a política nos interessa porque ela reflete no comércio, nas empresas e na geração de emprego e renda", afirmou.

Ainda segundo presidente da ACEFS, alguns resultados os deixaram atentos. "No ano de 2021 temos mais 360 empregos gerados nesse semestre e mais de 800 empresas abertas. Isso demonstra a força do nosso comércio e isso faz com que não entendamos o motivo do comércio estar em oitavo lugar no interesse das pessoas", explicou. 

A realização dessa pesquisa também foi feita para trazer novos associados para a entidade e daí disseminar as boas práticas que vem sendo adotadas. "Queremos trazer para esses associados informações que possam melhorar o seu negócio. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.