Quinta, 18 de Julho de 2024 03:07
75 9 9702 9169
Anúncio
Cultura Crônica da semana

O fim das tradições juninas em Feira de Santana

Por Alberto Peixoto

29/06/2024 07h24
Por: Karoliny Dias Fonte: Alberto Peixoto
Crédito da Imagem: Shutterstock.com
Crédito da Imagem: Shutterstock.com

A tradição das festas juninas em Feira de Santana, uma cidade localizada no interior da Bahia, sempre foi um evento marcante no calendário cultural da região. As festividades, que ocorrem em junho são conhecidas por celebrações vibrantes que incluem quadrilhas, fogueiras, comidas típicas e muita música nordestina, especialmente o forró. No entanto, nos últimos anos tem-se observado um declínio na realização e na participação dessas festas, o que levanta preocupações sobre o fim dessa tradição tão enraizada na comunidade local.

Vários fatores podem ter contribuído para o enfraquecimento das festas juninas em Feira de Santana. Um dos principais motivos é a modernização e a urbanização da cidade, que muitas vezes levam ao abandono de tradições culturais em favor de novas formas de entretenimento. Além disso, questões econômicas também desempenham um papel significativo; a organização de eventos de grande porte requer investimentos consideráveis e a crise financeira pode ter afetado a capacidade de realização dessas festas.

A tradicional fogueira junina, que simboliza a iluminação do caminho para as festas de São João e o afastamento dos maus espíritos, gradativamente estão sendo extintas. Vias ficavam repletas de fogueiras iluminando a noite de 23 de junho, como exemplificado pela Rua Saracura, que neste ano teve apenas uma; crianças brincando com fogos e casais ao som do tradicional forró, saboreando um delicioso licor aos poucos vão vendo esta tradição chegar ao fim.

Apesar desses desafios há um movimento dentro da comunidade para revitalizar as festas juninas e garantir que essa tradição não desapareça. Organizações culturais, escolas e grupos comunitários têm se esforçado para manter viva a chama dessa celebração através de eventos menores e mais localizados, que preservam os elementos essenciais das festas juninas.

É fundamental que haja um esforço conjunto entre o poder público e a sociedade civil para apoiar e promover essas manifestações culturais, garantindo que futuras gerações possam continuar a desfrutar e valorizar essa rica herança cultural.

Por Alberto Peixoto

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Jossimar CruzHá 3 semanas CachoeiraExcelente texto. Posso testemunhar que até na zona rural essa tradição vem perdendo o costume.
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.