Sábado, 18 de Maio de 2024 17:32
75 9 9702 9169
Política Eleições 2024

Deputado Zé Neto lança a sua pré-candidatura a prefeito de Feira de Santana

Evento, que aconteceu neste domingo (14), contou com a participação do governador Jerônimo Rodrigues, do senador Jaques Wagner, de diversas autoridades, empresários e apoiadores.

14/04/2024 14h53 Atualizada há 1 mês
Por: Karoliny Dias Fonte: Boca de Forno News

O deputado federal Zé Neto (PT) lançou, na manhã deste domingo (14), a sua pré-candidatura a Prefeitura de Feira de Santana, na Prime Music. O lançamento contou com a participação do governador Jerônimo Rodrigues e do senador Jaques Wagner. O local estava lotado de autoridades, como secretários estaduais, deputados e deputadas estadual, vereadores, e de apoiadores do deputado entre pessoas do movimento social e até empresários.

O pré-candidato cedeu ainda uma coletiva de imprensa para os profissionais que estavam presentes. Nela, Zé Neto disse que, até agora, são nove a quantidade de partidos que estão ao selado nessa eleição. “Nós mais do que duplicamos a quantidade de partidos da eleição passada. Já temos sete vereadores ao nosso lado e pode chegar mais novidade. Pode chegar ainda mais dois partidos e estamos conversando, acima de tudo, com a cidade”.

O deputado disse que é sempre muito solícito e está disposto a atender a todos. “Tivemos aqui hoje mais de seis mil pessoas. Não temos medo. Vamos para cima. Na última eleição vencemos no primeiro turno. Temos o governador que é da cidade e o presidente Lula vai dar força, como já está dando. Ele vem aqui em agosto para darmos ordem de serviço na última etapa da duplicação da BR-116 Norte e estamos correndo contra o tempo para terminar a parte do projeto executivo da Av. de Contorno que liga a BR-324 até a Cidade Nova. Ao invés de termos uma duplicação comum teremos uma avenida linda com pista de cooper, praça, pista de atletismo e uma conexão lindíssima com a Lagoa Grande”.

Zé Neto disse que Feira é uma cidade linda e bela que precisa voltar a ser feliz. “A cidade era linda e tinha diversas praças. Andávamos por todas elas no passado e hoje a cidade está suja, esquecida”, lamentou.

Quando se fala de saúde e da principal reclamação do Governo Municipal, que é a Regulação Estadual, Zé Neto disse que eles esquecem de falar da atenção básica. “Quando eles reclamarem da regulação, reclamem muito da atenção básica que não temos. Hoje, o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) está lotado de pessoas com dengue. Essas pessoas não teriam que estar em hospital, teria que fazer reidratação no posto de saúde”, disse.

Ele lembrou ainda o transporte coletivo que não funciona e na administração municipal. Há uma questão ainda que ele chama de profunda que é o problema de drenagem na cidade. “O atual prefeito pertence a um grupo e quem comanda esse grupo é uma pessoa. Essa cidade não é para ser governada por uma pessoa”, disse, sem se referir quem era essa pessoa.

Esse momento, destaca o pré-candidato, não é dele, mas da cidade. “Precisamos unir, ouvir a cidade para que possamos fazer essa conexão importante e transforma-la no que ela sempre mereceu: ser a maior metrópole do Norte e Nordeste do Brasil”.

Sobre os cuidados que estão sendo adotados em cima dos equívocos que aconteceram na campanha passada, Zé Neto afirmou que aprendeu com os erros. “Digo que acertamos na unidade partidária, na escolha do candidato, quando chamamos quatro partidos e tudo foi feito com diálogo. Fomos baseados no que nos unificava. As divergências administramos bem. Erramos porque não tivemos mais gente pensando assim. dessa vez temos muito mais gente”.

Em 2020 eram quatro partidos, hoje são nove. Era um vereador, hoje são seis e estão caminhando para oito. “E ainda inventaram mil coisas contra mim para os evangélicos que não existiam. Ao contrário, hoje tenho um relacionamento respeitoso e carinhoso com os evangélicos. Estamos trabalhando no que vimos que faltou lá atrás. O que mais faltou lá atrás, no segundo turno, foi a cidade ficar de pé. Tinham pessoas que estavam muito empobrecidas em um momento de pandemia e as cestas básicas e as coisas que aconteceram na reta final influenciou”.

Hoje, Zé Neto acha que o que vai influenciar é a emoção, o amor e a cumplicidade de transformar a cidade em grande.

Vice

Ainda não tem nenhum nome para ser o vice ou a vice. “Estamos trabalhando isso coletivamente. Vamos deixar de pensar a cidade como uma cidade pequena que uma pessoa só escolhe o vice, comanda a cidade, manda no grupo, abandona apoiadores, como abandonaram Tarcízio Pimenta e já querendo abandonar o de cá como se ele fosse a única cabeça que pode pensar a cidade. Não é isso. Toda a cidade tem que ser pensada e construída com cumplicidade”.

Feira de Santana, na opinião do deputado, tem que ser grande no tamanho, no seu desenvolvimento, na geração de emprego, na cultura, na modernidade, ruas e na limpeza. “Nunca vi essa cidade tão suja como agora. Feira tem que voltar a ser feliz. Uma cidade bonita, para cima. Agradeço a todos os presentes e a todos os partidos que estão conosco. Essa foi uma construção maravilhosa e estou muito feliz e é com essa felicidade que vamos enfrentar essa eleição”.

PP

Ele disse ainda que o PP impactará muito em sua campanha para a Prefeitura. “Impactará muito, principalmente com a turma boa de Eremita Mota e Yuri Guimarães. Para mim é um ganho magnifico”, disse.

Sobre o coordenador da campanha, Neto disse que decidirá isso com os partidos e com as forças políticas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.