Terça, 16 de Abril de 2024 11:38
75 9 9702 9169
Cultura Crônica da semana

Feira de Santana beira o caos

Por Alberto Peixoto

16/03/2024 09h02
Por: Karoliny Dias Fonte: Alberto Peixoto
Foto: Andrews Pedra Branca
Foto: Andrews Pedra Branca

Feira de Santana, uma das maiores cidades do interior da Bahia, tem enfrentado desafios em relação ao descaso em algumas áreas. O descaso com a infraestrutura urbana, com suas ruas esburacadas e falta de manutenção, tem sido uma das principais preocupações dos moradores. Além disso, a questão da segurança pública também tem sido um tema sensível, com altos índices de criminalidade em algumas regiões da cidade.

Um dos pontos de descaso em Feira de Santana é a falta de investimento em saúde e educação, o que impacta diretamente a qualidade de vida da população. Hospitais lotados, falta de medicamentos e escolas com estruturas precárias são problemas que precisam ser enfrentados com urgência. É importante que a sociedade civil e as autoridades locais se unam para buscar soluções e melhorias para a cidade, garantindo um futuro mais próspero e seguro para todos os seus habitantes.

Em se tratando de transporte, os transtornos do trânsito em Feira de Santana são uma preocupação recorrente para os moradores e visitantes da cidade. Com um grande número de veículos circulando diariamente, especialmente em horários de pico, congestionamentos são frequentes em diversas vias, causando atrasos e estresse para os motoristas. Além disso, a falta de infraestrutura adequada, como vias mal conservadas, sinalização deficiente e poucos estacionamentos, contribuem para agravar a situação.

Para lidar com esses problemas, é essencial que as autoridades locais invistam em soluções de mobilidade urbana, como a ampliação do transporte público, a criação de faixas exclusivas para ônibus e ciclovias, além de campanhas educativas para conscientizar os cidadãos sobre a importância de respeitar as regras de trânsito. A participação da população também é fundamental, evitando o uso desnecessário do carro, priorizando meios de transporte mais sustentáveis e adotando uma postura mais cidadã no trânsito. Juntos, é possível tornar o trânsito em Feira de Santana mais seguro, eficiente e harmonioso para todos.

A falta de um sistema de transporte rápido por ônibus, conhecido como BRT (Bus Rapid Transit), tem sido uma questão de preocupação para os moradores da cidade. O BRT é um sistema eficiente que ajuda a melhorar a mobilidade urbana, reduzindo congestionamentos e oferecendo um meio de transporte rápido e confiável. Sua ausência pode resultar em problemas de trânsito, atrasos e dificuldades de locomoção para os habitantes. Há quem diga que Feira de Santana tem BRT, porém o que foi feito foi apenas terminais nos canteiros centrais (sem contar que na João Durval já estão todos sucateados).

A implementação de um sistema de BRT em Feira de Santana poderia trazer diversos benefícios, como a redução da emissão de poluentes, o aumento da acessibilidade para a população, a melhoria da qualidade de vida e a promoção do desenvolvimento sustentável. Além disso, um BRT bem planejado e integrado com outros modais de transporte público pode contribuir para a organização do trânsito na cidade e para a redução do número de veículos particulares nas ruas.

Frente a todas essas negligências, é fundamental que tanto a comunidade quanto as autoridades locais busquem alternativas para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, garantir a sustentabilidade da região e tornar a cidade mais humanizada e com segurança para todos.

Por Alberto Peixoto

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Ana Gonçalves Há 1 mês Porto Portugal Lamento que em Feira da Santana, as coisas funcionam tão mal. Mas infelizmente não é só aí. ??
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.