Sábado, 18 de Maio de 2024 16:09
75 9 9702 9169
Entretenimento novidade

Fabio Nobre é a voz da Banda Katukada, promessa do samba baiano

Grupo lança nova música de trabalho, em breve, em todas plataformas digitais.

25/09/2023 15h03
Por: Reginaldo Junior Fonte: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O público de Feira de Santana tem ginga no pé e samba como ritmo mais curtidos. A cidade é um celeiro musical de bandas do gênero que são destaque em todo Brasil, a exemplo da banda Katukada, que comandada pelo vocalista Fabio Nobre, é destaque na cena sambista.

O grupo que surgiu em 2017, com  Breno Barber a frente da produção desde 2020, realiza apresentações em diversas casas de shows da cidade, sendo uma das procuradas pelos contrates e realizando apresentações também em outras cidades da Bahia.

“Estamos trabalhando aos poucos e, a cada dia mais, conquistando nosso espaço. Já temos planos para 2024, lançamentos de músicas, shows especiais e até a possível gravação de um áudio visual. Vamos seguir trabalhando muito para agradar o nosso público”, contou o produtor.

Nesta nova fase do grupo, será lançada nas plataformas digitais a sua música de trabalho, “Primeiro de Abril”, de composição do feirense, Charles Martins.

Conheça o vocalista

A frente da banda Katukada, o cantor Fábio Nobre, tem 37 anos, é feirense, nascido no bairro Rua Nova, uns dos celeiros culturais da cidade. Imerso neste cenário cultural desde a infância, o artista tem diversas influências locais do gênero, samba/pagode.

Fabio começou a carreira de músico aos 17 anos, como percussionista de uma banda, na ocasião também começou a cantar.

“No início foi sem pretensão nenhuma, mas tomei gosto pela musica e seguir a carreira”, disse o cantor, que tem no currículo passagens por grupos de samba e pagode da cidade como: a banda Doce Prazer, Inesquecível, Sem Mais Nem Menos e Pagode Proibido. 

“Nessa minha jornada fiquei um tempo afastado dos palcos, mas nunca da música, que é uma paixão que tenho e, após a pandemia, voltei a cantar. Hoje sou cantor e sócio da banda Katukada, esse projeto que está me fazendo voar em outros ares, tenho 8 meses que parecem ser 8 anos, estou feliz demais por fazer parte da história de uma banda que tá crescendo tão rápido no cenário municipal e sei que é só o começo”, disse.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.