Terça, 16 de Agosto de 2022 20:11
75 9 9702 9169
Polícia Eleições 2022

Roma diz que banalização da violência passou do limite tolerável

Para Roma, é inaceitável que a barbárie seja instalada em nosso estado com total omissão do governo do estado

03/08/2022 06h16
Por: Karoliny Dias Fonte: Tribuna da Bahia
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

“Já passou do limite do tolerável a banalização da violência na Bahia. Não podemos nos acostumar a ver jovens a caminho da escola serem assassinados por causa de um celular. Não basta indignação! É preciso ter coragem e determinação para combater a criminalidade”, afirmou o candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), ao comentar o crime que vitimou, na manhã de ontem, em Salvador, uma adolescente, de 15 anos, que se dirigia, acompanhada da mãe e irmã, para a escola no centro da cidade.   

Para Roma, é inaceitável que a barbárie seja instalada em nosso estado com total omissão do governo do estado, que negligencia a sua obrigação constitucional de garantir a segurança pública. 

“É preciso combater o crime organizado, que encontra terra fértil para prosperar e aterrorizar a vida de baianas e baianos”, observa ele, ressaltando que terceirizar a responsabilidade, como tem feito o governador Rui Costa, não resolve nada, pelo contrário, “agrava o problema”. 

“Não tem o menor sentido a tese do governador Rui Costa de que a criminalidade cresceu porque o presidente Bolsonaro sancionou leis que facilitaram a aquisição de armas para os cidadãos protegerem suas famílias e suas propriedades. Será que as criminosas do assassinato da estudante compraram a arma numa loja?”, questionou o ex-ministro da Cidadania, observando ainda que a média anual de homicídios no Brasil caiu, enquanto, na Bahia, o número de assassinatos subiu. 

João disse que não pode se esperar resultado diferente de um governo em que o secretário de segurança faz apologia às drogas e o governador declara que o tráfico de drogas gera empregos para os jovens. “Chegou a hora de o povo da Bahia dá a resposta a tanto descaso e ineficácia no combate à criminalidade. Comigo bandido não vai ter vida fácil. Vai partir a mil da Bahia! Com determinação e coragem vamos combater os criminosos, integrando as forças de segurança e dando respaldo aos policiais”. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.